Arquivo

Posts Tagged ‘CBTP’

II Etapa Do Campeonato Brasileiro de IPSC – Atibaia/SP

Anúncios

Centro Norte de IPSC – Manaus 2011

Manaus, capital do Amazonas, é o principal centro financeiro, corporativo e econômico da região Norte. Além disso é reconhecido pelo seu potencial turístico e pelo ecoturismo, um local muito visitado por pessoas de todos os cantos do planeta para diferentes tipos de atrações.

Esta foi a minha terceira vez em Manaus, mas somente agora tive a oportunidade de conhecer um pouco mais desta bela cidade, além do estande de tiro. Na sexta feira passada, após ministrar 2 cursos de 2 dias cada com meu pai, tivemos o dia livre antes do início do campeonato e fomos fazer um “city tour” com nossos amigos Perim e Poliana (SP), Rui (Lisboa/Portugal) e Bento (RN). A primeira parada foi o famoso “encontro das águas”, que nada mais é que a junção do rio Negro com o rio Solimões. Porém não é uma simples confluência, algo muito “interessante” acontece ali. Os 2 rios possuem uma diferença de densidade, temperatura e velocidade. O rio Negro nasce acima da linha do Equador, percorre regiões argilosas, que dão cor escura às suas águas e corre a aproximadamente 2km/h, à uma temperatura de 22ºC. O rio Solimões nasce no Peru e por isso chegam mais frias a Manaus e suas águas barrentas e mais claras correm de 4 a 6km/h. Eles não se misturam por mais de 6km, até formarem juntos o rio Amazonas, um dos mais importantes do Brasil e o mais extenso do mundo. Visitamos também o famoso Teatro Amazonas que foi construído no auge do período da borracha e tem todo o requinte europeu empregado em sua construção. O teatro tem capacidade para mais de 600 pessoas divididas entre platéia e 3 andares de camarotes. A pintura do teto simula estarmos de baixo da torre “Eiffel”. Visitamos também a antiga Zona Franca de Manaus, mercado municipal, ponta negra, entre outros lugares.

Pela primeira vez Manaus sediou uma etapa do calendário válido para o ranking brasileiro, o Centro Norte de IPSC 2011. O local do evento foi no estande do Marcio Araújo, a aproximadamente 45Km do centro, que expandiu sua área para as 15 pistas especialmente para o evento. Agora a idéia é melhorar aos poucos, algo que já ficou bom, para as próximas provas.

Os estágios desenhados pelo meu amigo Mirandola, de uma forma geral, estavam rápidos, fluídos e com poucas alternativas de resoluções. Gostei de todas, porém senti falta de alguns estágios mais técnicos.

No sábado eu não iniciei bem. O mal estar e coriza de um final de gripe me atrapalhou um pouco nas 10 pistas deste primeiro dia de prova. Finalizei o dia com 0,25% atrás do Fior e isso me deu forças para fazer um segundo dia de prova forte. Atirei bem os últimos 5 estágios no segundo dia e venci com uma margem de 5,43% em cima do próprio Fior (PR). Lucimar (GO) ficou em terceiro, seguido do Henrique (SP) e Alessandro (CE).

Muito obrigado aos nossos amigos de Manaus pela oportunidade e hospitalidade. Até a próxima !

Cone Sul 2011 – São Leopoldo/RS

Este final de semana estive em São Leopoldo para disputar o meu primeiro torneio regional do ano. Pousamos na fria Porto Alegre e alugamos um carro para percorrer algo em torno de 30Km até o nosso hotel na cidade do evento.

Este Cone Sul, que foi organizado para federação gaúcha de tiro prático, contou com aproximadamente 190 atletas, sendo 115 na divisão Standard.

As pistas estavam muito agradáveis, com muitas entradas e saídas de postos, tiros em movimento, janelas baixas e exercícios standard. Foi uma prova bem diferente das 2 últimas do paulista. Na minha opinião, um pouco menos técnica, mas por outro lado exigiu muita cadência, velocidade e fluidez dos competidores.

De um modo geral, eu gostei do meu desempenho. Ganhei 8 das 12 pistas, mas tive 2 pistas ruins, além de pequenos deslizes durante alguns momentos da competição. Isso não é tolerável em uma prova de nível internacional, preciso ser mais constante, caso contrário não vou alcançar o meu objetivo.

Mais uma vez o conjunto Tanfoglio x Projéteis Lyon, funcionou com perfeição, ainda mais agora que minha arma ganhou uma “luva” de tungstênio no cano.

Vejam algumas pistas desta belíssima prova:

Resultado do overall Standard (30 primeiros):

Overall Conesul (PDF)

Pistas Conesul (PDF)


Matéria na revista Double Alpha Zone – Fev. 2011

11/fevereiro/2011 12 comentários

O Eli Huttner, da Double Alpha, me contactou há um mês atrás aproximadamente, perguntando a minha disponibilidade em fazer um texto sobre o Latino- Americano.

Esta revista circula por toda a europa e tb em formato digital para um grande número de pessoas do e-mail mkt da DAA.

Para quem não sabe a DAA é do Saul Kirsch, sempre entre os 10 do mundo na divisão Open.


Link da revista DAA Zone (completa) – Feb 2011

Site: http://www.doublealpha.biz/

Proposta chapa CBTP: Roberto Saldanha – “União pelo Esporte”

Meu pai, em parceria de pessoas que amam nosso esporte, estão disputando a eleição para a presidência da Confederação Brasileira de Tiro Prático que vai acontecer no Nacional Standard no mês que vem.

Desde o início eu achei loucura, pois ele está se expondo demais para algo que exige tempo, determinação e ainda por cima não é remunerado “em uma gestão séria”. Mas como dezenas, ou até mesmo centenas de pessoas o incumbiram por “livre e expontânea pressão” desta tarefa, creio que ele será a pessoa certa para alinhar esta confederação, assim como fez na federação paulista. Quem é “véio” de tiro sabe como era a FPTP há 10 anos atras.

Quem me conhece sabe o quanto eu odeio política, assim como muitos. Nunca me meto em nada, pelo simples fato do meu descontentamento pessoal que poderá afetar o meu desempenho no esporte. Mas creio que este é o momento do esforço. Vamos cobrar do seu presidente de clube/federação uma posição com relação a esta eleição. Ainda mais vamos forçar uma votação aberta para aqueles que estão no “esquema” com a atual gestão mostre as caras.

Esta diretoria está há mais de 10 anos na presidência e eu acho que nem preciso comentar as suas “belas” atitudes ao longo destes anos, não é mesmo?

Segue abaixo a carta/proposta para a apreciação de todos.

.

CHAPA CBTP: ROBERTO SALDANHA

“UNIÃO PELO ESPORTE”

PRINCÍPIOS BÁSICOS / PROPOSTA

Solicito toda atenção dos Senhores dirigentes do esporte de Tiro Prático do Brasil com relação a nossa proposta de organização e desenvolvimento do nosso esporte.

Não se trata de uma proposta de cunho político, pois esta diretoria tem como princípio básico o crescimento, fortalecimento e o desenvolvimento e apoio aos atletas de Tiro Prático no Brasil como um todo, no campo técnico, logístico, político/social e institucional.

Vamos nos unir pelo Esporte de Tiro Prático

Vamos fazer uma CBTP verdadeiramente democrática, onde todos poderão participar e opinar.

Para tanto, uma das primeiras providências desta diretoria, será uma pesquisa via internet junto a todos os confederados, para saber quais as expectativas em relação à CBTP. Após tabulação, a CBTP irá envidar esforços para corresponder às expectativas.

Além das expectativas pesquisadas, a seguir, apresentamos alguns dos nossos projetos para o triênio 2011-2013:

Nossa “chapa” foi montada levando em consideração o princípio básico da honestidade e transparência, pois publicaremos mensalmente via internet, balancete financeiro com clareza, para que os atletas, por serem os maiores interessados pelo esporte  possam acompanhar passo a passo seu investimento, uma vez que os recursos que a entidade recebe para se manter são provenientes das mensalidades/anuidades pagas pelos atletas; sendo os mesmos  quem deverão receber os dividendos como retorno de seu investimento. Dinheiro do esporte de volta ao esporte.

– Fundo de Desenvolvimento do Esporte de Tiro Prático:

Criaremos o “Fundo para o Desenvolvimento do Esporte de Tiro Prático”, visando agregar mais recursos, provenientes de ações junto aos governos; doações de empresas e pessoas físicas; e programas de incentivo ao esporte vigente no país. A partir dos recursos do fundo, poderemos custear as necessárias ações para o crescimento e o desenvolvimento ora propostos.

Este trabalho visa principalmente o fortalecimento do esporte.

– Vamos  criar um novo Tiro Prático no País:

A utilização deste “Fundo” será decidida pela maioria dos diretores da CBTP, para diversos fins, dentre os quais, o apoio às equipes, que serão convocadas (respeitando o ranking nacional) para os campeonatos internacionais sem custo para os participantes. Reduzindo assim o esforço financeiro individual, com treinamento, deslocamentos, hospedagem, que hoje exclui grande parte de nossos atletas das competições mais importantes do calendário internacional.

Servirá, também, para criarmos as condições necessárias para sediarmos eventos de grande porte, internacionais e nacionais.

– Parcerias comerciais:

A CBTP irá buscar e formalizar parcerias com diversos segmentos comerciais (companhia aérea, locadora de veículos, rede hoteleira, alimentação, redes do varejo, fabricante de insumos de recarga, etc…), com o objetivo de proporcionar benefícios ao confederado, mediante apresentação da carteirinha da CBTP.

A idéia “cerne” desta iniciativa é de que, o confederado, ao utilizar as parcerias, obtenha benefícios que superem o investimento anual feito à CBTP.

Servirá, ainda, para a criação dos centros de treinamento, entre tantas outras coisas que poderemos fazer, mas para isso é de extrema e vital importância a participação e divulgação de TODOS.

Não basta apenas cobrar,  tem que ter a coragem de apoiar este projeto.

– Centro de Treinamento para Jovens Talentos e Equipes:

Criaremos um centro de treinamento em cada Região, com instrutores/atletas renomados em cada região para facilitar o deslocamento dos atletas convocados para esta finalidade.

– Apoio Logístico:

A CBTP (União pelo Esporte), visando apoiar as federações e atletas de Tiro Prático, manterá uma sub sede em Brasília, a fim de acompanhar os processos de interesse de atletas, clubes e federações filiadas junto ao DFPC, principalmente no acompanhamento aos pedidos de munições e insumos de recarga para todas as federações de Tiro Prático do país. Estes poderão ser solicitados diretamente pelos clubes ou federações, com apoio da CBTP ou repassados  diretamente pela CBTP. Os detalhes da logística de repasses serão definidos pelas federações em assembléia específica.

Todos os recursos provenientes da venda de insumos, se houverem, serão direcionados para o “Fundo de Desenvolvimento do Esporte de Tiro Prático” que será criado.

– Diálogo com os Órgãos Públicos:

Para o crescimento do esporte é necessário, também, um maior diálogo com os órgãos públicos: Exército Brasileiro, Polícia Federal, Polícia Estadual, Polícia Militar, Ministério Público Federal e Militar, no intuito de padronizar ações quando o assunto for o “Tiro” como Esporte.

Nesta linha de pensamento poderemos criar, em parceria com estes órgãos, uma cartilha do Tiro Prático com os DIREITOS e DEVERES dos atletas. Esta cartilha seria o resultado de um estudo aprofundado de todas as normas que regem o nosso esporte.

– Maior apoio às Federações:

Criaremos um projeto de crescimento e desenvolvimento do Tiro Prático no Brasil, com exemplos de administração voltada para este fim.

– O Tiro Prático na Mídia:

Teremos apoio da mídia como um todo, através de assessoria de imprensa, a qual também irá criar o “atirador do mês”. Pretendemos colocar em nosso site, mensalmente, uma entrevista (no mínimo) com um atirador que tenha se destacado no mês anterior. Seja por um record batido, por um resultado surpreendente, etc…

Desenvolvimento de projeto ambicioso de inserção na mídia, com gestão profissional. Contrataremos assessoria de imprensa profissional para desenvolver o projeto que trará a necessária e devida visibilidade para um esporte dinâmico, saudável, agregador e permeado de valores humanos positivos, com a ética, a honestidade, o desafio e a superação individual e a disputa respeitosa.

– Igualdade de Tratamento:

Todas as modalidades de Tiro Prático terão o mesmo tratamento, de maneira que estaremos divulgando resultados, ranking, records e apoio com igualdade.

– Criação de mais uma Região dentro da CBTP:

Hoje temos as seguintes Regiões: Cone Sul; Sudeste; Nordeste; Centro-Norte.

A intenção é dividir a região Centro-Norte em duas Regiões: Centro e Norte. Assim teríamos a região Centro composta pelos estados de MT, MS, GO, DF e TO; e a região Norte, formada por AM, AP, RR, RO, AC e PA. Cada região será representada por um vice-presidente regional e terá calendário próprio.

Esta medida propiciará um desenvolvimento maior nos estados da região Norte, visto que o tamanho e a heterogeneidade da região Centro-Norte dificultam o desenvolvimento do esporte nos estados ainda iniciantes nas modalidades do Tiro Prático. Hoje dificilmente os estados mais ao Norte conseguirão sediar uma prova regional, devido ao maior desenvolvimento dos demais estados da região.

Todos, sem exceções, serão lembrados e apoiados, principalmente os estados onde temos menor quantidade de atletas. Estes têm maior potencial para crescer. Queremos desenvolver o esporte em todas as regiões.

Para as regiões, promoveremos palestras, “workshops” e clínicas (sem custo para a Federação local), visando o aprimoramento técnico de todos os participantes.

Propor em assembléia isenção em todo o Brasil para Juniores e Damas, visando demonstrar que nosso esporte é para todos e, especialmente, que é um esporte que agrega a família.

Essa família unida na prática do esporte passa a ter uma vida mais saudável, mais dinâmica, conhece novos lugares, novas pessoas e acaba ganhando uma nova família, pois o Tiro Prático é a nossa GRANDE FAMÍLIA.

Criar para provas internacionais equipes Damas e Juniores, Sênior e Super Sênior em todas as divisões, independente  da condição técnica atual, pois isto provocaria um maior entusiasmo para treinamento e participação, o que conseqüentemente traria melhores índices técnicos para todos.

– Competições Nacionais (que irão pontuar no ranking):

As competições nacionais somente serão sediadas pelas Federações/Clubes, que se proporem a cumprir, na íntegra, as condições do Termo de Compromisso (ou outro nome que se tenha dado para o contrato entre a CBTP/Federação/Clube, no qual consta as obrigações de cada parte). Caso isso não ocorra, sob análise da maioria da diretoria da CBTP, será aplicada a punição prevista no referido Termo.

Em pouco tempo estaremos nivelados com os países mais desenvolvidos na busca de novos campeões em Mundiais, Pan-americanos e Latino-americanos.

MUNDIAL NO BRASIL EM 2014

Aproveitando o momento esportivo que o país estará atravessando, com grande melhoria na infra-estrutura hoteleira e aeroportuária, solicitaremos o sediamento do Mundial para 2014 no Brasil. Isto trará com certeza uma maior visibilidade para nosso esporte, além de propiciar aos brasileiros uma participação recorde.

Para que toda a proposta possa acontecer, necessitamos do apoio incondicional de todos os atletas e dirigentes.

A CBTP é de Todos e o Atleta de Tiro é o Astro !!!

Muitos insistem em me dizer que devo apenas procurar os dirigentes, mas discordo plenamente, pois os Clubes, Federações e Confederação, existem devido justamente ao Atleta de Tiro, que as mantêm vivas, portanto, convoco todos os Atletas para que cobrem de seus dirigentes uma postura justa quanto às eleições deste ano para a CBTP.

Peço a todos que busquem o novo, pois está na hora de mudar.

Democracia não é perpetuação e requer alternância de poder.

A perpetuação leva a imposições nocivas ao nosso Esporte, por isso, será proposto em Assembléia, alteração no Estatuto da CBTP,  para  “permitir somente uma re-eleição para todos os cargos”.

Vamos fazer uma CBTP para todos !!!

Forte Abraço,

Roberto Saldanha

Informações: VI Sudeste de IPSC – 2010 – Atibaia/SP

Data: 19 e 20 de Junho de 2010
Local: Atibaia – Clube de Tiro de Atibaia
Realização: CBTP e FPTP
Horário: Sexta às 8h (somente RO’s) / Sabado e Domingo às 8h

** Pistas (PDF) **

** Ficha de Inscrição (DOC) **

HAVERÁ VENDA DE MATERIAL DE RECARGA SOMENTE PARA OS PARTICIPANTES DA PROVA. FAÇA SUA RESERVA ANTECIPADA pelo e-mail: reserva@fptp.org.br

Maiores informações:
c/ José Carlos da FPTP
Tel: (11) 4412-3740
Rádio: 11*102908
e-mail: zecarlos@fptp.org.br