Arquivo

Posts Tagged ‘Amazonas’

Centro Norte de IPSC – Manaus 2011

Manaus, capital do Amazonas, é o principal centro financeiro, corporativo e econômico da região Norte. Além disso é reconhecido pelo seu potencial turístico e pelo ecoturismo, um local muito visitado por pessoas de todos os cantos do planeta para diferentes tipos de atrações.

Esta foi a minha terceira vez em Manaus, mas somente agora tive a oportunidade de conhecer um pouco mais desta bela cidade, além do estande de tiro. Na sexta feira passada, após ministrar 2 cursos de 2 dias cada com meu pai, tivemos o dia livre antes do início do campeonato e fomos fazer um “city tour” com nossos amigos Perim e Poliana (SP), Rui (Lisboa/Portugal) e Bento (RN). A primeira parada foi o famoso “encontro das águas”, que nada mais é que a junção do rio Negro com o rio Solimões. Porém não é uma simples confluência, algo muito “interessante” acontece ali. Os 2 rios possuem uma diferença de densidade, temperatura e velocidade. O rio Negro nasce acima da linha do Equador, percorre regiões argilosas, que dão cor escura às suas águas e corre a aproximadamente 2km/h, à uma temperatura de 22ºC. O rio Solimões nasce no Peru e por isso chegam mais frias a Manaus e suas águas barrentas e mais claras correm de 4 a 6km/h. Eles não se misturam por mais de 6km, até formarem juntos o rio Amazonas, um dos mais importantes do Brasil e o mais extenso do mundo. Visitamos também o famoso Teatro Amazonas que foi construído no auge do período da borracha e tem todo o requinte europeu empregado em sua construção. O teatro tem capacidade para mais de 600 pessoas divididas entre platéia e 3 andares de camarotes. A pintura do teto simula estarmos de baixo da torre “Eiffel”. Visitamos também a antiga Zona Franca de Manaus, mercado municipal, ponta negra, entre outros lugares.

Pela primeira vez Manaus sediou uma etapa do calendário válido para o ranking brasileiro, o Centro Norte de IPSC 2011. O local do evento foi no estande do Marcio Araújo, a aproximadamente 45Km do centro, que expandiu sua área para as 15 pistas especialmente para o evento. Agora a idéia é melhorar aos poucos, algo que já ficou bom, para as próximas provas.

Os estágios desenhados pelo meu amigo Mirandola, de uma forma geral, estavam rápidos, fluídos e com poucas alternativas de resoluções. Gostei de todas, porém senti falta de alguns estágios mais técnicos.

No sábado eu não iniciei bem. O mal estar e coriza de um final de gripe me atrapalhou um pouco nas 10 pistas deste primeiro dia de prova. Finalizei o dia com 0,25% atrás do Fior e isso me deu forças para fazer um segundo dia de prova forte. Atirei bem os últimos 5 estágios no segundo dia e venci com uma margem de 5,43% em cima do próprio Fior (PR). Lucimar (GO) ficou em terceiro, seguido do Henrique (SP) e Alessandro (CE).

Muito obrigado aos nossos amigos de Manaus pela oportunidade e hospitalidade. Até a próxima !

Anúncios