Arquivo

Posts Tagged ‘Águia de Haia’

II Etapa Do Campeonato Brasileiro de IPSC – Atibaia/SP

Anúncios

Florida Open 2018



Resultados detalhados: https://practiscore.com/results/new/51131

Nosso dois mil e dezessete

Chegamos ao fim de mais um ano e sempre é tempo de repensar. Uma oportunidade de rever erros e acertos. Entender que nada é por acaso e que tudo tem seu tempo. Mas obviamente não cruzar os braços e esperar acontecer. 2017 poderia ter sido o ano do meu campeonato mundial. Não foi dessa vez, mas foi quando cheguei mais perto. Pude sentir o gosto da vitória e entendi, de uma vez por todas, que sou capaz. Este tão almejado título depende unicamente de mim.

Um atleta tem que ter um cronograma de treinamento, uma metodologia a seguir e entender seus pontos fracos. Dessa forma, treinar em cima disso e ir em busca de um eterno aprimoramento. Minha dica é treinar com alguém experiente e que possa te ajudar a evoluir. Quer vencer? Se dedique e trabalhe para isso. Perca peso se preciso, siga uma alimentação saudável, leia livros voltados para atletas de alto rendimento, assista vídeos dos melhores atiradores do mundo e estabeleça metas! Não tenha o tiro como único esporte, busque outros que te ajudem a melhorar no tiro – musculação, natação, corrida, crossfit, bike, lutas, pilates, funcional ou qualquer outro esporte que lhe traga prazer e contribua para seu melhor desempenho.

Além disso, um atleta de verdade tem que reconhecer seus adversários e realmente aprender com os erros. O que nos leva ao sucesso é a maneira que lidamos com a vitória e também com o fracasso. Pois assim é a vida, uma eterna roda gigante.

E por falar em treinamento, esse foi o ano no qual eu e meu pai, Roberto Saldanha, conseguimos nos dedicar mais ao nosso tão idealizado Team Tanfoglio. Um time formado por atletas de destaque, em sua grande maioria, formado por nós. Pessoas que acreditam na nossa metodologia e que, através de muito treino e dedicação, subiram de nível e conquistaram bons resultados. E é esse nosso grande desafio – formar atletas campeões!

Olhem só o que nossa galera aprontou:

JAIME SALDANHA JR
– Pentadecacampeão (15x) Brasileiro – Open Division Overall
– Campeão do Open Argentino 2017 – Open Division Overall
– Integrante da equipe Brasileira no XVIII World Shoot – Open Division
– 4º lugar no XVIII World Shoot – França – Open Division Overall

 

 

 

ROBERTO SALDANHA
– Campeão Brasileiro – Open Senior
– Campeão Estadual (SP) – Open Senior
– Integrante da equipe Brasileira no XVIII World Shoot – Open Senior
– 5º lugar no XVIII World Shoot – França – Open Senior

 

 

 

FELIPE SARKIS
– Campeao Brasileiro – Production Division Overall
– 37º lugar no XVIII World Shoot – França – Production Division Overall

 

 

 

 

MARIO “TITELA” NETO
– 3° lugar (Podium) no XVIII World Shoot – França – Standard Junior
– 5° lugar Campeonato Brasileiro – Standard Division Overall
– Campeão Brasileiro – Standard Master
– Bi-campeão Brasileiro – Standard Júnior
– Tri-campeão Estadual (AM) – Standard divisão overall
– Tri-campeão Estadual (AM) – Standard Júnior

 

 

MOLINA
– Vice Campeão Brasileiro – Production Division Overall
– Tri Campeão Brasileiro – Categoria Policial
– Penta Campeão Estadual (MT) – Production Division Overall
– Integrante da equipe Brasileira no XVIII World Shoot – França – Production Division

 

 

 

EDMUNDO MACEDO FILHO
– 3º Colocado Brasileiro – Production Division Overall
– Bi Campeão Brasileiro – Production Classe Master
– 89º lugar no XVIII World Shoot – França – Production Division Overall

 

 

 

 

NICOLAS OECHSLER
-5º lugar no XVIII World Shoot – França – Production Junior
-2º Lugar Campeonato Brasileiro – Production Classe A
-Bi-campeão Brasileiro – Production Júnior
-Campeão Estadual (SC) – Production Júnior

 

 

 

DÁLIA AMORIM
– Vice Campeã Brasileira – Production Ladies
– 3º lugar Copa da 7RM – Production Division Overall
– 1º lugar Copa da 7RM – Production Ladies
– 2º lugar Estadual (AL) – Production Division Overall
– 1º lugar Estadual (AL) – Production Ladies

 

 

MARCIO GABRIEL “BIEL”
– Vice Campeão Brasileiro – Open Division Overall
– Campeão Amazonense – Open Division Overall
– Integrante da equipe Brasileira no XVIII World Shoot – Open Division

 

 

 

 

SUZANA SALDANHA
– Vice Campeã Brasileira – Open Ladies
– Vice Campeã Estadual (SP) – Open Ladies

 

 

 

 

 

CATARINA OECHSLER
– Campeã Brasileira – Light Júnior
– Campeã Estadual (SC) – Light Júnior

 

 

 

 

CARLOS BICALHO
– Vice Campeão Brasileiro – Production Sênior
– Campeão Estadual (DF) – Production Super Sênior

 

 

 

 

YUKIO YAMAGUCHI:
– Campeão Brasileiro – Production Senior
– Campeão Estadual (SC) – Production Senior
– Vice Campeão Estadual (SC) – Production Division Overall
– Vice Campeão Conesul – Production Division Overall
– Campeão Conesul – Production Senior
– Campeao Desafio das Américas (Paraguai) – Production Division Overall
– Campeao Desafio das Américas (Paraguai) – Production Senior
– Integrante da equipe Brasileira no XVIII World Shoot – França – Production Senior

Meus sinceros agradecimentos para aquelas pessoas que acreditam em mim: A todos integrantes do Team Tanfoglio, a todos do Team Águia de Haia, ao Mr Massimo, Mattia e Cristian da Tanfoglio (Italia), ao Marcelo Morbin dos projeteis mágicos da Lyon Bullets, ao Guga Ribas, Pedro Ribas, Diana e toda a equipe GR Company, ao Clube de Tiro Águia de Haia, a minha querida madrinha Maria do Carmo da Geco/Ruag, ao Raymond da Tachyon, ao Silvio da Sportblu, ao Michael Ewerton da AHM, ao Bob e Sahão da Crossfit Campo Belo, ao meu amigo Totti e em especial a 3 pessoas que sempre estão do meu lado independentemente de qualquer coisa – meu pai Roberto, minha mãe Suzana e a minha esposa Tati.

Feliz Natal e que venha 2018!!!

E lá se foi mais um ano: 2016

Após disparar 4 anos na Standard e 1 ano na Production, achei que poderia ter alguma dificuldade de readaptação na minha boa e velha pistola Open.

Entretanto, ao contrário do que imaginei, os 5 anos de “Iron Sight” me fizeram evoluir em muitos fundamentos. Alguns até que eu desconhecia. A Production em específico, é uma divisão mágica. Se fizer um ou outro Charlie, mesmo com tempo mais baixo, normalmente você irá perder o estágio. É uma baita escola no sentido matemático do jogo do IPSC.
A troca de divisão é sempre muito válida, no meu ponto de vista. Basta reparar nos ponteiros pelo mundo, principalmente os americanos, que estão sempre “pulando” de divisão. No Brasil ainda não temos essa cultura, mas talvez seja questão de tempo.

Já percorri uma longa estrada. São 20 anos dedicados ao esporte, e sinto que nos últimos 3 amadureci bastante. Aprendi a controlar melhor minha mente, a administrar a ansiedade e o que sempre foi mais difícil para mim, lidar com minha própria pressão. Por não ter treinado nesse ano, fui obrigado a disparar com mais tranquilidade e segurança para não errar. A estratégia funcionou e foi nesse ano que fiz as minhas 2 melhores provas internacionais da minha vida. Finalizei o Flórida Open (vídeo) em primeiro lugar, sendo o único competidor sem penalidades em uma prova difícil e extremamente técnica. E no Campeonato Europeu, que aconteceu na Hungria, fui vice-campeão disparando bem e também limpo. Tive apenas uma falha grave na pista 6 da prova, que pode ter custado o título.

Abaixo segue o vídeo do European Handgun Championship de IPSC 2016 sediado na Hungria e mais abaixo a última etapa do Campeonato Brasileiro sediado na cidade de Medianeira/PR (com direito e conhecerem meus técnicos no final do vídeo, rs…):

European Handgun Championship – Hungria 2016

Etapa Final do Brasileiro de IPSC – Medianeira/PR 2016

Um agradecimento especial a estes caras abaixo. Sem eles nada disso seria possível.

sponsors2

Tanfoglio – www.tanfoglio.it

Guga Ribas – www.gugaribas.com.br

Lyon Bullets – http://projeteispintados.wordpress.com

Crossfit Campo Belo – crossfitcampobelo.com

Geco – geco-munition.de/geco-world/ruag.html

Clube de Tiro Águia de Haia – www.aguiadehaia.com.br

Tachyon – www.tachyoninc.com

Fellows – www.fellows.com.br

AHM – michael.ewerton@oi.com.br

Spotblu – silvio@sportblu.com.br

Final do XXVII Campeonato Brasileiro 2014

22/novembro/2014 5 comentários

A 6ª e última etapa do XXVII Campeonato Brasileiro de 2014 foi sediada no Clube de Tiro Pantanal em Cuiabá, na estrada que nos leva a Chapada dos Guimarães.

A FTMT esperava no mínimo 300 inscritos e apenas 240 compareceram. O fato da prova ter iniciado numa quinta-feira pode ter sido um fator limitante. Nem todos os competidores tem disponibilidade e podem “perder” dois/três dias de trabalho.

O MD da prova foi meu amigo Raphael, que com muita competência montou todas as pistas. Essa prova nos proporcionou um pouco de tudo: alvo móvel duplo com no shoot no meio, plates a 25m e tiros de mão forte a 23m. Tivemos a área 1 um pouco mais travada, área 2 de pistas abertas com muita corrida e área 3 mais conservadora. As pistas agradaram a todos. O RM foi o Belino, auxiliado pelos CM Lima, Frank e Cesar.

Na Open,  João Carlos venceu tranquilamente e garantiu o seu Tetra campeonato consecutivo (2011 a 2014). Na Production, a disputa da prova e do campeonato, mais uma vez, foi decidida na última pista. Allison, Felipe e Ishihara tinham chances de vencer. Mas quem teve mais “sangre frio” desta vez foi o competidor Allison – Campeão Brasileiro Production pela segunda vez (2008 e 2014) e mais 3 vezes campeão da divisão revolver (2004, 2004 e 2007).

A Production é a divisão que mais cresce no Brasil e no mundo. Aqui, o investimento no equipamento é menor por se tratar de uma pistola que deve manter a originalidade de fábrica. Outro ponto positivo é a durabilidade da arma e das cápsulas, 4 vezes superior se compararmos a Standard ou  a Open.

Nessa prova fiz um tiro consciente e conservador, na busca de uma boa pontuação. Não tive nenhuma “super” pista e só me “afundei” em uma. O resultado foi uma prova regular e boa margem dos demais competidores. Com esse resultado venci meu 12º campeonato brasileiro e 10º consecutivo, sendo: 4x de Standard (2011 a 2014) e 8x de Open (2001, 2002, 2005 a 2010).

Meus sinceros agradecimentos às pessoas mais que especiais: aos meus patrocinadores Tanfoglio, Lyon Bullets, Guga Ribas e Geco/Ruag; ao meu preparador físico Geraldo Castanha; aos meus pais Roberto e Suzana e a minha esposa Tatiane. Sem o apoio desta galera nada seria possível.

Segue abaixo alguns vídeos desta etapa. Peço desculpas, pois não consegui filmar todas as pistas!

 

Logo Lyon

Logo Guga

 

ruag_geco

 

banner_tanfo_brasil

 

Campeonato Brasileiro 2013 – Etapa Final – Recife

14/dezembro/2013 3 comentários

bra_recife_2013

A quinta e última etapa do Campeonato Brasileiro de IPSC 2013 foi realizada de 15 a 17 de Novembro na cidade de Paulista/PE. A FTPPE (Federação de Pernambuco) utilizou o estande Atire que tem o Sr José Porfirio como diretor. Foram 3 dias debaixo de muito sol, porém bem agradáveis devido a brisa que permaneceu presente.

Tivemos aproximadamente 300 atletas inscritos nesta etapa que excepcionalmente foi obrigatória e ainda por cima com peso dois na contagem do resultado final do ano. Foram 5 provas disputadas durante o ano e 2 descartes, tendo esta última etapa multiplicada por 2. Todos os “top shooters” brasileiros estiveram presentes, não só pelo título de campeão brasileiro que estava aberto em todas as divisões, mas também para brigar por uma vaga na equipe ou simplesmente conseguir uma das pouquíssimas vagas sobressalentes para o mundial de 2014 na Florida/EUA. O campeonato mundial acontece a cada três anos e tem suas inscrições limitadas por região (país). Mesmo o Brasil tendo muitos “slots” disponíveis, acaba não sendo suficiente para levar todos que tem vontade de participar desta prova que é a mais cobiçada de todas.

A prova foi extremamente organizada pela FTPPE que tem o La Place (PE) como atual presidente. José Porfirio (PE) foi o Match Director, José Carlos Belino (SP) foi o Ranger Master (juíz principal) auxiliado pelos Chiefs Ranger Officer Dalton Lima (RJ), Frank Stocklein (SP) e Gilberto Perdoná (SP). O Stats Officer (apuração) ficou na mão do Luis Cesar Costa (SP) auxiliado pelo Gemo (SC). Este time auxiliado por mais de 30 Ranger Officers e muitos outros da organização fizeram uma das provas mais organizadas do ano.

Foram 18 estágios divididos em 3 dias de prova mais o shoot off no final, que nada mais é que um duelo entre os 8 melhores de cada divisão: Standard, Open, Production, Classic e Revolver. O nível técnico foi razoável na opinião dos atiradores de ponta. Os esclarecimentos foram sempre os mesmos: “Os estágios estavam muito parecidos, alguns fundamentos foram esquecidos já outros muito intensificados”. Mas de forma alguma este pequeno detalhe foi capaz de ofuscar o brilho da prova.

Tivemos uma briga emocionante até o último disparo da última pista na divisão Standard e Production. Na Standard, eu tive pequenos problemas no primeiro dia de competição que me obrigou a me esforçar em dobro até o final. Por minha felicidade consegui buscar e finalizei a prova com apenas 10 pontos na frente do Eduardo Caldas (RN) e 11 pontos do meu parceiro de equipe Álvaro Neto (BA) de um total de 1600 pontos disputados, ou seja, a diferença entre nós 3 não chegou a 1%. Já na Production, o grande vitorioso foi o Allison Verício (MG) seguido com 2 pontos de diferença pelo atleta revelação do ano Felipe Sarkis (DF) e 13 pontos para o atual campeão Luis Ishihara (DF). Já na Open João Carlos Stevenson (SP) vem sobrando e garantiu com folga a vitória. Há muito tempo eu não assistia uma disputa tão apertada em uma etapa brasileira.

Já no ranking e resultado final do ano, ficou assim. Lembrando que os 4 primeiros de cada divisão irão integrar a equipe para o mundial de 2014.

STANDARD:
Campeão – Jaime Saldanha Jr – 400%
Vice Campeão – Álvaro Neto – 390%
Terceiro – Francisco Dudu Caldas Jr – 381%
Quarto – Lucimar Domingues – 365%

PRODUCTION:
Campeão – Luis Henrique Ishihara – 398%
Vice Campeão – Allison Verício – 396%
Terceiro – Felipe Sarkis – 389%
Quarto – Augusto Ribas – 351%

OPEN:
Campeão – João Carlos – 400%
Vice Campeão – Ildeu Heller – 363%
Terceiro lugar – Marcio Gabriel – 361,4%
Quarto lugar – Leandro Boaventura – 361,3%

REVOLVER:
Campeão – Wagner almeida – 397%
Vice Campeão – Moacir Azevedo – 392%
Terceiro lugar – Daniel Polverini – 356%
Quarto lugar – Rogério Rosas – 342%

CLASSIC:
Campeão: Henrique Pereira – 400%
Vice Campeão – Antonio Roney Lobo – 394%
Terceiro lugar – Marcelo Sabbá – 360%
Quarto lugar – Alecssandro Dutra – 353%

Encerramento 2012

06/dezembro/2012 6 comentários

Panamericano 2012

Chegamos ao final de mais um ano. Muita espoleta deflagrada, pólvora queimada e projéteis arremessados. Foi um 2012 de treinos moderados, muitos cursos, viagens e novos amigos. Neste, que foi meu 16º ano competindo IPSC, conquistei todas as minhas metas traçadas. Das 17 provas disputadas, perdi apenas 1, ganhei meu 2º Campeonato Panamericano, 10º Brasileiro e 15º Paulista.

Ano que vem terei desafios maiores, onde disputarei uma prova nos Estados Unidos, o Europeu em Portugal e o Latino Americano no Equador. Vou tirar 2 meses de férias e retornar em fevereiro com energia renovada!

Espero manter todos os meus atuais patrocinadores. Meu muito obrigado ao Mr Massimo Tanfoglio (Tanfoglio), ao Marcelo Morbin e Cassiano (Lyon Bullets) e ao Guga Ribas (GR), por mais um ano de parceria bem sucedida. Muito obrigado a todos os RO’s, organizadores de provas, aos alunos de cursos, aos grandes amigos/alunos VIP, a minha mãe Suzana e a minha namorada Tati. Um obrigado especial ao meu pai, Roberto Saldanha, pelo apoio, paciência e por cuidar com tanta competência das minhas pistolas.

Um Feliz Natal a todos e uma excelente passagem para 2013!!!

Logo Tanfo
Logo Guga